Nem isso, nem aquilo

Para saber quem você é, é possível ler a seu respeito em algum livro? Na verdade, não. Há muitos livros que falam de “você”, mas não passam de apontamentos. E não falam de você exatamente, pois do que você realmente é, é impossível falar. Nesse sentido, até o conhecimento fundamental é intermediário e não serveContinuar lendo “Nem isso, nem aquilo”

A idade do agora e o silêncio alienado

Como é que você pode se basear em um calendário para saber que idade você tem? A mente é conteúdo externo, é tudo o que está do lado de fora. Note! Você diz que tem 60, 40 ou 30 anos porque o calendário diz, porque a sua mãe diz, porque o seu pai diz, porqueContinuar lendo “A idade do agora e o silêncio alienado”

Antes da face do labirinto e do Arnaldo psicológico

Satsang nos oferece um mergulho para dentro cujo único instrumento é o seguinte questionamento: “Quem é você?”. Comece agora a perguntar-se “Quem sou eu?” e veja caírem camadas de respostas como folhas no outono. Primeiro você pensa ser o seu nome. Mas você nasceu com esse ou algum outro nome? Não. De repente a suaContinuar lendo “Antes da face do labirinto e do Arnaldo psicológico”