Sem máscara, fora dos trilhos, a vida

Se permanecêssemos como nascemos, nossa!, seria muito lindo. Mas olha no que a maioria se torna ao crescer. A verdade é que você não deveria precisar de maquiagem. Por que você usa maquiagem? Para esconder a feiura nos dias de festa, não é mesmo? – “Um pouco de rímel aqui, um corretivo ali… e assimContinuar lendo “Sem máscara, fora dos trilhos, a vida”

A raiz do corpo não é sua mãe

Participante – Tenho uma questão: sinto muita dificuldade de desidentificar-me da minha mãe. O que devo fazer? Onde está a sua mãe agora? Participante – No Chile. Onde está o Chile? Veja como a mente propõe problemas. O corpo está acessível diretamente, agora, para que o note. E quando o nota, está implicada a realizaçãoContinuar lendo “A raiz do corpo não é sua mãe”

Antes da face do labirinto e do Arnaldo psicológico

Satsang nos oferece um mergulho para dentro cujo único instrumento é o seguinte questionamento: “Quem é você?”. Comece agora a perguntar-se “Quem sou eu?” e veja caírem camadas de respostas como folhas no outono. Primeiro você pensa ser o seu nome. Mas você nasceu com esse ou algum outro nome? Não. De repente a suaContinuar lendo “Antes da face do labirinto e do Arnaldo psicológico”