Livre da mente, livre de si

A pauta da mente é não ter um Mestre, é “ser livre”; ela quer ser livre para permanecer inconsciente. Mas se olharmos de outra perspectiva, quando se entrava numa ordem de meditação, como a Zen, por exemplo, toda a sua “liberdade” era perdida. “Você” – a mente – não podia mais isso, não podia maisContinuar lendo “Livre da mente, livre de si”

A chance do ‘sim’ nos invisíveis da atenção

Alguns de vocês já me ouviram falar do filme “Muito além do jardim”, se trata de uma grande obra do Peter Sellers. O título original é “Being There” e o personagem principal, Mr. Chance, desempenhado pelo próprio Sellers, é pura atenção e relaxamento. Ele se move a partir do momento presente, sempre. Nunca está preocupado com oContinuar lendo “A chance do ‘sim’ nos invisíveis da atenção”