Processo, natureza, observação e paz

Trago uma pergunta: do que a Consciência precisa para existir? Mas já antecipo: Ela não existe, Ela é. Quando diz “a minha Consciência”, você está exercitando a completa cegueira da sua mente. Porque a Consciência não é a sua, é a Consciência. E, então, nasce uma nova pergunta, detonada pela primeira: para que a ConsciênciaContinuar lendo “Processo, natureza, observação e paz”

Banal: o simples e o complicado

Participante – Satya, noto que o estar no mundo demanda um planejamento e eu gostaria de saber quando esse planejamento é do fluir ou é uma coisa mental, de controle. Tenho a necessidade de compreender isso porque, às vezes, há um impulso de deixar acontecer solto, mas noto que algumas coisas exigem planejamento. Daria paraContinuar lendo “Banal: o simples e o complicado”

Agora, nem ontem nem amanhã

Hoje vi um cartoon – não lembro exatamente, mas acho que era do Calvin e Haroldo – em que um dos personagens perguntava para o outro: “Qual é o seu dia preferido?” Ao que o outro respondia: “Hoje. Hoje é sempre o meu dia preferido”. Não é gracioso? Agora, perceba: para onde você tem olhado? O que está acontecendo neste exatoContinuar lendo “Agora, nem ontem nem amanhã”